Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos (GP)

O grande desafio dos Municípios e das empresas é ter um profissional para elaborar projetos, acompanhar e captar recursos, para que seu projeto não fique somente no papel.

Sendo assim a ADEMESP, resolveu colocar à disposição de nossos parceiros e filiados, uma equipe multidisciplinar composta por arquitetos, engenheiros, economistas tributarista, assistente social, professores e entre outros, para ajudá-los a planejar suas ações.

  • Diagnóstico
  • Elaboração de Projetos
  • Acompanhamento dos Projetos
  • Captação de Recursos
  • Elaboração de Planos Municipais
  • Acompanhamento na criação das "ADRs e ADLs"
  • Estruturação de Gerência de Projetos Municipais.

Por que elaborar um Projeto de Estruturação de uma Gerência de Projetos Municipal?

Respostas:

1- Para preparar adequadamente as Prefeituras no trabalho com Convênios e Contratos de Repasse, aumentando a capacidade de captação de Recursos Federais e primando pela boa gestão destes Recursos, protegendo assim a Administração como um todo, gerando empregos diretos e indiretos e atendendo aos beneficiários da melhor forma possível;

2- Para compatibilizar os Planos de Governo, através de um Planejamento Estratégico correto, com o aproveitamento das oportunidades ofertadas pelo Governo Federal através de seus Programas Ministeriais em benefício das cidades;

3- Para quebrar todos os paradigmas sobre a má gestão de Recursos Públicos e a incapacidade executiva das Prefeituras brasileiras, com a implantação de um sistema de excelência, com os recursos materiais necessários e a consonância de uma mão de obra preparada e alocada de forma adequada.

Todo ano milhões de reais deixam de ser repassados aos Municípios devido a diversos problemas, sendo os principais:

1 - Má preparação dos Planos de Trabalho;

2 - Incapacidade para elaboração de Projetos Básicos;

3 - Inadimplência das Prefeituras, ocasionadas inclusive por má gestão de Convênios e Contratos de Repasse ativos;

4 - Preparação inadequada do Plano Plurianual e consequentemente da Lei Orçamentária Anual;

5 - Erros e atraso nas Prestações de Contas;

6 - Inexistência de um òrgão de gestão específica de Convênios e Contratos de Repasse, dentro da Administração Municipal.